Enter your keyword

Pintura da Fachada


Antes
Durante
Depois

Sábado 9h – Com todos os ingredientes comprados fomos ao espaço:

– 8kg de Cal
– 8 potes de corante Ocre
– 1 pote de corante Vermelho, Amarelo e Preto
– 2 copos de Óleo
– Cola Branca
– Sal à gosto
– 12 litros de água

Parece receita de um bolo, mas na verdade era a fórmula do Cal para “caiarmos” a fachado do espaço. Já sabíamos que as cores seriam Ocre e Branco, faltava saber se a receita do Cal iria funcionar. Mistura daqui, mexe ali, a água foi tingindo, tomando cara de tinta até que virou uma gororóba legal. O segredo é a cola branca e o óleo, pois apesar do Cal hoje em dia já vir com fixador, eles funcionam como espassante.
Receitas à parte, almoços à parte, tivemos que deixar a pintura para o Domingo, e ainda bem, pois choveu… e chuva e cal é igual à zica.
Participação especial de Thiago Navas no thinner 4.800, na epopéia das janelas.

Domingo entre 9h e 12h – Mãos à massa! Melhor dizendo… mãos ao Cal!
Os 4 (Melissa, Caio, Giuliano e Dado) caiaram tudo e todos. Escalando a fachada, o telhado, o forro e qualquer parte mais que fosse necessária. Foram 5 horas de caiação intensa pra 1ª de mão. Incessante, ininterrupto, colorido e ressecado finalizamos a pintura e fomos descanssar satisfeitos e ocres.